Maria Fernanda Peregrina - "Auto estima, biótipos corporais e dieta"‏

14:25 Murilo Grilo 0 Comments


Conversamos com Maria Fernando Peregrina que é Nutricionista e pós graduanda em Comportamento alimentar, onde nos contou em detalhes sobre sua Palestra realizada recentemente, confira a palestra aqui na integra, onde podemos refletir e repensar algumas coisas importantes, referente ao nosso corpo e dieta: 



Meu nome é Maria Fernanda, sou nutricionistas, pós graduando em Comportamento alimentar e minha primeira formação técnica foi em estética corporal. Englobando um pouco sobre esses assuntos o Murilo Grilo me  convidou para um bate papo sobre a auto estima da mulher, biótipos corporais e dietas 

Bom, a primeira coisa que quero perguntar a vocês é quem sente é feliz 100% com o seu corpo? 
A outra pergunta é quem de vcs já fez algum tipo de dieta para emagrecer?
O que vcs acham que essas duas perguntas tem haver?
Bom, a primeira coisa que quero que vcs reflitam é que em que padrão vcs se basearam para ter a perda de peso de vcs?
(quantos Kg, que biotipo, alguém)?
Pensaram?
O que eu acho importante pontuarmos
IMC/ peso não é um veridito final, esse parâmetro não leva em consideração seu biotipo e quanto representa em massa muscular, agua, gordura..etc.
Então é necessários outros parâmetros para dizer sobre a sua saúde e representatividade do peso
Hoje a divulgação de modelos, propagandas e corpos se baseiam em apenas um tipo de corpo que representa 1% da população mundial. Lembrando que esse 1%divulgado ainda esta em cima de uma foto "photochopada". Que é o biotipo longilíneo, com peitos medianos e bunda arrebitada. Será que estamos desejando um biotipo que não se refere ao nosso corpo?
Pensem...
A midia coloca isso como padrão, mas para ser padrão deveria corresponder a 50 % do biotipo da mulher brasileira. O que não acontece. Conscientemente e inconscientemente colocamos a mudança em um corpo ideal que não seguem e não corresponde ao nosso verdadeiro biotipo.
Existe uma grande diferença em corpo "perfeito" e corpo possível. Que leva em considerações a composição corporal, seu estilo de vida, sua rotina, etc. 
É o porque essa nutri esta dizendo tudo isso? 
Porque se vocês desejam mudar, emagrecer ou mudar algo em você. Acredito que devam iniciar pela MUDANÇA através da melhora da AUTO ESTIMA, pois e através dela que"filtramos" os excessos, descobrimos nossas verdadeiras belezas e partirmos para a mudança de forma positiva e não "PUNITIVA" para realmente acontecer a verdadeira mudança. Não aquela de perder peso durante um mês e depois engordar 3 no outro.
Procurem referenciais na mídia com frases positivas, corpos e modelos mais reais e próximos ao seu e a sua vida, alem de referenciais de moda para seu biotipo. Se "alimente" de algo mais próximo da sua composição
Quer um exemplo que isso interefer?
"Foi feita uma pesquisa nas Ilhas Figi, que numa etapa em 1995 e noutra em 1998, avaliou o impacto da exposição das adolescentes a televisão e as mudanças de atitudes e comportamentosalimentares que obtiveram. Os resultados mostraram que os indicadores de transtorno e insatisfação aumentaram significamente após 1998 demostrando também maior interesse da perda de peso sugerindo um impacto negativo da mídia. "
O que temos que fazer para quem quer mudar é MELHORAR a relação alimentar, não a dicotomia do "saudável e não saudável" e sim trabalhar a favor do nosso cérebro e comandos hormonais.
Qual a relação com dietas e padrões irreais de corpos?
A dieta se baseia em algo que não parte da sua realidade de consumo habitual por isso que 95% falham porque depois vc volta ao habito antigo e ainda engordam mais. Mas a controvérsia é que nunca fizemos tanta dieta (tantos alimentos proibitivos) e nunca tivemos uma epidemia tão grande de obesidade mundial e também o crescimento de distúrbios alimentares.
Promover a Reeducação alimentar parte inicialmente do cardápio habitual e promove mudanças de forma gradativa, levando ao seu cérebro se acostumar e não inibir as respostas bioquímicas como o aumento da fome /resposta hormonal como nas dietas.
Finalizo com a definição da Autoestima que é o apreço, valorização e confiança que uma pessoa tem por si própria, sendo formada ainda na infância e ajustada por toda uma vida
A autoestima é a apreciação que uma pessoa faz de si mesma em relação à sua autoconfiança e seu autorrespeito. Através dela podemos enfrentar desafios e defender nossos interesses. 

Mais informações acesse o site: http://mariafernandanutricionista.com.br/

0 comentários: